CANSAÇO E FADIGA MUSCULAR

CANSAÇO E FADIGA MUSCULAR

Posted by Dra. Anabela Claro | 23/09/2019 | Artigos
Cansaço e Fadiga

CANSAÇO E FADIGA MUSCULAR

O cansaço e a fadiga são conceitos empregues atualmente para descrever um estado generalizado e permanente de fraqueza e falta de energia. Embora aplicados com o mesmo sentido, estas duas palavras têm aplicações diferentes. O CANSAÇO está relacionado com o estilo de vida e ocorre de forma proporcional ao esforço físico e mental diários. A FADIGA é um sintoma cuja intensidade é desproporcional ao esforço realizado, e a sensação de cansaço é muito superior ao espectável. Em qualquer uma das situações, começar e manter uma atividade torna-se uma tarefa difícil e sente-se uma forte necessidade em descansar.

FADIGA MUSCULAR é um cansaço físico acentuado, muito comum depois da prática de exercícios intensos e que exigem um esforço maior do que aquele que o organismo está habituado. Nestas ocasiões em que o esforço é maior do que o normal, simples atividades como caminhar ou pegar em objetos, provocam uma sensação de exaustão física. É essencial estar atento aos principais sinais de cansaço e fadiga muscular, tais como, contraturas, cãibras, tremores e espasmos nas pálpebras, insónias, ansiedade e perda de apetite.

Na origem do cansaço e da fadiga muscular poderá estar uma má alimentação, o stress, sono insuficiente e o sedentarismo. Por outro lado, também o exercício físico praticado de forma intensa poderá provocar queixas musculares. Os DESPORTISTAS, que praticam exercício de forma regular, geram uma maior perda de vitaminas e minerais, que produz uma redução na resistência e adaptação ao esforço. Neste sentido e para melhorar o trabalho muscular, é importante aumentar o consumo de CÁLCIOPOTÁSSIOMAGNÉSIO e VITAMINA D, elementos essenciais na dieta de um desportista, que permitem uma correta contração e relaxamento musculares, e que ajudam a evitar cãibras, a aliviar as dores e a prevenir lesões.

MAGNÉSIO intervém como cofator de várias enzimas, em mais de 300 reações metabólicas desempenhando um papel essencial para a formação dos ossos e dentes e para o normal funcionamento do sistema nervoso, muscular e saúde mental. Este mineral é importante na regulação dos níveis de açúcar, de cálcio e potássio no organismo, e na síntese de ATP, uma molécula utilizada como fonte de energia, nomeadamente na prática de atividade física. Para melhorar a eficácia do magnésio deverá associar-se a VITAMINA B6, uma que vez que melhora a absorção daquele mineral e dessa forma o desempenho e relaxamento musculares.

Na literatura científica vários estudos têm vindo a demonstrar a contribuição positiva da VITAMINA D no fortalecimento muscular. Existem vários tipos de vitamina D, sendo que as duas formas mais importantes são a vitamina D2 (ergocalciferol) e a vitamina D3 (colecalciferol). A vitamina D3, que é mais eficaz do que a vitamina D2, é a forma que é sintetizada na pele quando nos expomos a uma quantidade razoável de luz solar. Essa exposição solar só é eficaz quando o sol está elevado o que só acontece durante o período de Verão e, portanto, só nessa época do ano será possível produzir níveis suficientes da vitamina D. O papel mais conhecido desta vitamina é na saúde óssea pela sua ação fundamental no equilíbrio do cálcio e do fósforo. É igualmente muito importante na manutenção da função neuromuscular. A descoberta de recetores da vitamina D no tecido muscular vieram demonstrar a sua importância no normal desenvolvimento do músculo e na otimização da força e performance muscular. O défice de vitamina D está associado a dor muscular, fraqueza e redução do controlo postural, com consequente aumento do risco de quedas.

A má alimentação dos dias de hoje motivada pelo consumo de alimentos nutricionalmente pobres e associada ao stress do dia-a-dia, fazem com que vitaminas e minerais muitas vezes não sejam ingeridos em quantidades suficientes. Nestes casos, recomenda-se a suplementação para reverter essa carência.

Olhe por si, olhe pela sua saúde e ESCOLHA UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL! Para mais informações clique aqui.