Saúde A-Z

IMPORTÂNCIA DA VITAMINA D NA IMUNIDADE

A vitamina D é a única vitamina que pode ser sintetizada na pele quando exposta à luz solar, mais concretamente, à radiação ultravioleta (UV). Após este primeiro processo de síntese, a vitamina D3 (colecalciferol) sofre no fígado uma primeira hidroxilação e depois ao nível do rim, uma segunda ativação, originando 1,25-diidroxivitamina D (calcitriol), a forma biologicamente ativa.

Embora a vitamina D seja amplamente conhecida pelo seu papel na homeostasia do cálcio, na formação óssea e na absorção do fósforo da dieta, surgiram nos últimos anos diversas evidências que relacionam este nutriente com outros sistemas fisiológicos, como por exemplo, o sistema imunitário, cardiovascular, entre outros.

A interação da vitamina D com o sistema imunológico tem sido alvo de um número crescente de publicações e, algumas delas, demonstram que foram identificados recetores para esta vitamina em diferentes tipos de células imunitárias, que são capazes de converter a vitamina D na sua forma ativa. Esta ativação, conduz a um conjunto de ações imunomoduladoras sobre as células do sistema imunitário, nomeadamente linfócitos T, monócitos e neutrófilos, bem como na produção e na ação de diversas citocinas, substâncias que alertam o organismo sobre a presença de um invasor (como vírus, bactérias ou fungos), permitindo que este ative as suas células de defesa. Neste sentido, uma deficiência em vitamina D tem sido associada a uma maior a suscetibilidade a diversas infeções.

Um estudo publicado em Março de 2020 na revista científica Archives of Osteoporosis, revelou a carência de vitamina D na globalidade da população portuguesa adulta. Segundo este estudo, “a deficiência / insuficiência de vitamina D é altamente prevalente em Portugal, afetando mais de 60% de todos os adultos portugueses, com forte variação geográfica e sazonal”. Salienta ainda para a “necessidade de avaliar a relevância da deficiência de vitamina D como um problema de saúde pública” e a necessidade de definir “estratégias de prevenção da deficiência de vitamina D em Portugal”.

Uma outra forma de obter vitamina D é através da alimentação, que representa apenas 10-20% das necessidades diárias. Os alimentos mais ricos são os peixes gordos (ex: sardinhas e salmão), gema de ovo, fígado, manteiga e matéria gorda do leite (ex: natas). A síntese cutânea de vitamina D após exposição solar contribui então, para uma elevada percentagem do seu aporte diário. No entanto, depende de vários fatores como a estação do ano, o tempo e área de exposição sem proteção solar e o tom de pele (pessoas com pele mais escura sintetizam menos do que as de pele mais clara). Para além disso, com o avançar da idade, a capacidade para sintetizar a vitamina D diminui.

Uma maior exposição à luz solar não é uma opção viável para a maioria dos indivíduos, devido à fototoxicidade dos raios UVB. A suplementação com vitamina D3 é a forma mais prática e segura de reverter a carência deste nutriente. A maior parte das pessoas que têm deficiência de vitamina D não tem queixas específicas, a não ser que essa deficiência seja muito acentuada. É por isso, muito importante apostar na prevenção!

Olhe por si, olhe pela sua saúde e ESCOLHA UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL! Para mais informações, clique aqui.

Fonte:

Duarte, C., Carvalheiro, H., Rodrigues, A.M. et al. Prevalence of vitamin D deficiency and its predictors in the Portuguese population: a nationwide population-based study. Arch Osteoporos 15, 36 (2020). https://doi.org/10.1007/s11657-020-0695-x

Imunavit Comprimidos
Fechar

IMUNAVIT COMPRIMIDOS

15,80
30 Comprimidos Revestidos

Indicações:

  • Reforço do sistema imunitário
  • Complemento no tratamento de doenças do trato respiratório
Fechar

MAGNETRIL D

16,30
30 Comprimidos Revestidos

Indicações: 

  • Cansaço e falta de energia
  • Fadiga e cãibras musculares
  • Manutenção de ossos e dentes saudáveis
  • Carências de magnésio
  • Atividades desportivas
Fechar

VITANIUM

15,50
30 Comprimidos Revestidos

Indicações: 

  • Défice vitamínico
  • Alimentação inadequada
  • Complemento alimentar de micronutrientes
Fechar

VITANIUM KIDS

14,40
100 ml de Solução Xaroposa

Indicações:

  • Carências nutricionais
  • Falta de apetite
  • Reforço de micronutrientes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *